Nariz

Rinoplastia

Cirurgia para melhoria estética e funcional do nariz

tb-nariz-1 tb-nariz-2

O que é Rinoplastia?

Rinoplastia é a cirurgia destinada a remodelar o nariz, de modo a deixá-lo esteticamente mais harmônico com o conjunto do rosto, além de manter ou até mesmo melhorar sua qualidade na função respiratória. Diferentes aspectos do nariz podem ser tratados isoladamente ou em associação, conforme os desejos do paciente e as possibilidades técnicas de cada caso, alterando o perfil, a forma da ponta, a projeção e a largura no nariz.

Problemas funcionais que envolvam dificuldade de respiração pelo nariz podem ser tratados no mesmo procedimento, e convém que um especialista em função nasal se junte a equipe para um planejamento cirúrgico adequado, tendo sempre em vista uma melhoria estética mas com qualidade funcional!

Quais os cuidados pré-operatórios?

tb-nariz-3O paciente terá todas as orientações por escrito sobre a cirurgia, devendo sempre estar atento ao seu estado geral e comunicar qualquer alteração, como uma gripe, dor de garganta, ardor ao urinar, etc. Nesse caso, o paciente será avaliado e a cirurgia poderá ser adiada para sua própria segurança. Deve-se vir acompanhado para a cirurgia, prestar atenção ao jejum (caso este seja solicitado) e evitar o uso de brincos, anéis, piercings, esmaltes coloridos nas unhas, etc. O paciente será submetido uma série de exames pré-operatórios (laboratoriais, Rx de tórax e eletrocardiograma) e por avaliações clínicas a depender de cada caso. O uso de algumas medicações como ácido acetil salicílico, ginko biloba, bufedil, vitamina E, anticoagulantes e fórmulas para emagrecer deverão ser suspensas pelo menos 15 dias antes da cirurgia. Qualquer medicação usada deve ser informada ao médico, pois várias delas podem causar efeitos colaterais que obrigam à suspensão da cirurgia. Da mesma forma o tabagismo é altamente indesejável. Serão feitas fotografias pré-operatórias para posterior comparação.

Qual o tipo de anestesia?

Desde que o paciente seja avaliado corretamente os procedimentos anestésicos atuais oferecem baixíssimos riscos de problemas. De acordo com as possibilidades clínicas e o desejo do paciente, preferimos usar anestesia geral ou anestesia local com sedação profunda.

A cirurgia

A rinoplastia pode ser realizada por incisões exclusivamente dentro dos orifícios do nariz ou, a depender do caso, com o acréscimo de uma diminuta cicatriz no espaço entre as narinas (na região chamada “columela”), quase imperceptível. A modelagem do nariz envolve uma imensa gama de técnicas, cada uma bem aplicada à correção de um defeito específico que, no conjunto, darão forma final ao nariz. A duração da cirurgia depende de cada caso e da técnica utilizada, mas dura em média de 1 a 2 horas, tempo este que pode ser aumentado caso seja realizado cirurgias para correção funcional, como tratamento do septo (septoplastia), tratamento dos cornetos (turbinectomia), ou outras. O tempo de internação varia de 12 a 24 horas, a depender do tipo de anestesia e conforto do paciente.

Cicatrizes

As cicatrizes ficam dentro dos orifícios do nariz, podendo ou não ser acrescida de uma pequena cicatriz externa, entre as narinas, na região chamada “columela”. Esta cicatriz costuma ter ótima evolução, podendo mesmo tornar-se imperceptível.

Dor

Após uma cirurgia de rinoplastia a dor é suportável e bem controlada com analgésicos. É importante seguir as orientações pós-operatórias como repouso e manter a cabeceira elevada, para que haja regressão mais rápida do inchaço e hematomas.

Recuperação

Orientações a ser seguidas: repouso, manter a cabeceira elevada, evitar banhos muito quentes, uso de medicação nasal ou oral, podem ajudar num pós-operatório mais suave.

A ocorrência de inchaço e equimoses (manchas roxas) ao redor dos olhos, em graus variáveis, é considerada normal e tende a aumentar nas primeiras 48 a 72 horas com redução gradual após os primeiros dias de pós-operatório. Os tampões nasais, quando utilizados, são retirados entre 24 e 48 horas após a cirurgia, sempre a critério médico.

A imobilização externa, que é feita com gesso ou plástico, é removida em aproximadamente 1 semana. Pode-se também, por mais uma semana, ser mantida uma camada de esparadrapo antialérgico.

Após a cirurgia, o paciente deverá tomar o antibiótico indicado, em geral por 7 dias, além de um antiinflamatório por 3 dias e um analgésico apenas quando sentir dores. O primeiro retorno será após 4 dias da cirurgia e, depois, semanalmente para acompanhamento. Ao longo do 1º mês, o paciente deve voltar a realizar as atividades cotidianas, como dirigir (ao redor do 3º dia), caminhar, etc. Exercícios gerais poderão ser liberados após 30 dias. O organismo passará por diversas fases evolutivas até que se consiga atingir o resultado desejado.

Resultado Final

O nariz operado apresenta um grau de inchaço que desaparecerá gradativamente num período de 6 a 12 meses, somente então haverá um resultado tido como definitivo. Nos últimos anos houve uma grande evolução na cirurgia plástica do nariz, com mudança de conceitos quanto aos resultados. Atualmente se busca obter resultados naturais, personalizados ao formato de cada rosto, ao perfil e a traços étnicos. Como existem diferentes tipos físicos e raciais, os bons resultados são bastante distintos em diferentes indivíduos.