Sexagem Fetal

Método para Detecção do Sexo Fetal Através do Sangue Materno

A sexagem fetal é uma nova técnica para determinação do sexo do bebê, realizada com uma amostra de sangue da mãe. Durante a gestação existe a passagem de uma pequena quantidade de células fetais para o sangue materno. O exame dessas células revelaria as esperança de, no futuro, exames desse tipo substituírem a amniocentese e biópsia de vilo corial. As dificuldades residem no fato de a quantidade dessas células ser muito pequena e sua identificação difícil. Várias tentativas têm sido feitas e já se conseguiram muitos avanços.

Este teste se baseia na identificação de partes do cromossomo Y na circulação materna. Como apenas indivíduos do sexo masculino possuem esse cromossomo dentro de suas células, sua presença indica um menino e sua ausência indica uma menina. A partir de Outubro de 2003 o teste passou a ser realizado comercialmente. A tabela abaixo mostra o índice de acerto obtido até o presente momento.

Tabela. Índice de acerto do teste de determinação do sexo fetal pela análise molecular do plasma materno, de acordo com o gênero apontado e a idade gestacional.

 

Fase da Gravidez (Semanas)

N=

 

Resultado do teste

Feminino

Masculino

< 8

39

74,00%

99,00%

8 - 10

174

99,00%

99,00%

11 - 12

122

99,00%

99,00%

?13

218

99,00%

99,00%

Total:

553

 

Ressaltamos que:

1– Conforme indica a tabela acima, o resultado de Sexo Feminino quando a idade gestacional é menor que 8 semanas não é preciso (74% de acerto). Por este motivo, recomendamos que a coleta de amostra para este exame, seja feita sempre a partir da 8ª semana de gravidez;

2– O resultado deste exame não deve ser interpretado como definitivo, jáqu não garante 100% de acerto.

 

ARTIGO RETIRADO – ENTREVISTA DA CONSULTORIA DE AMAMENTAÇÃO DA JOHNSON E JOHNSON