Carboxiterapia

Carboxiterapia (celulite)

O que é carboxiterapia?

É um método não cirúrgico para o tratamento da lipodistrofia ginóide, vulgarmente conhecida como celulite, feito por médicos em consultórios ou clínicas. Consiste na injeção do gás dióxido de carbono (CO2) no tecido adiposo (gordura) com uma agulha finíssima.

O que é CO2?

O CO2 é uma substância produzida normalmente no organismo e é eliminado na respiração. Seu papel no tratamento da celulite consiste em aumentar a oxigenação tecidual e circulação sanguínea por uma reação química que estimula o seu metabolismo.

Como é a aplicação?

A aplicação é feita através de uma agulha finíssima que é introduzida perpendicularmente à pele até atingir a hipoderme e tecido gorduroso.

A aplicação é dolorosa?

A picada de agulha é pouco dolorosa e pode ocorrer sensação de ardência e calor no local da aplicação devido à difusão do gás.

Quais as contra-indicações?

Não é recomendável realizar este tratamento em gestantes, portadores de marca-passo, doenças infecciosas e pulmonares graves.

O que acontece após a aplicação?

Podem surgir algumas manchas roxas que desaparecerão em poucos dias. Não há restrição de atividades após a aplicação.

Após quanto tempo é possível ver resultados?

Geralmente a partir da quarta sessão já se pode observar uma maior regularidade e firmeza da pele, com redução de medidas devido a lipólise (fragmentação do tecido adiposo).

Quantas sessões são necessárias?

Em média são indicadas 10 a 20 sessões com intervalos de 2-3 dias (2 ou 3 sessões por semana), a depender do grau de comprometimento e extensão da área afetada.

Quanto tempo dura o resultado?

O resultado dura em torno de um ano e pode ser necessário fazer manutenção. É importante ressaltar que a celulite é uma patologia multifatorial, causada por sedentarismo, dieta rica em carboidratos, gordura e sal, tabagismo e hormônios. O tratamento da celulite envolve uma dieta equilibrada e realização de exercícios, para evitar o acúmulo adiposo excessivo.